sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Bolas, já se acabaram...

Desconhecido

Pois é, já se acabaram... Uns belos dias com o meu pirralho, os meus pais e a minha irmâ. Nestes dois últimos anos, a minha ex-mulher consegui fazer com que eu não conseguisse estar 3 dias assim. Mas agora foi muito bom...

Praia, brincadeiras na areia, apanhar cágados e râs. Fiz de tudo um pouco com ele. Foi quase como que um regressar à minha infância. Mas, ao mesmo tempo, não consegui de deixar de estar apreensivo por ele. A mâe continua a usá-lo para me tentar atingir e ele já começa a estar numa idade em que reage muito ao que acontece e ao que ouve...

E agora que as férias acabaram, (re)começam as preocupações. Sobretudo por causa dele. Compreendi que vou ter que estar muito atento e, provavelmente, vou ter que que me chatear a sério para evitar que ele continue a sentir toda a pressão que ela lhe está a colocar.

Mas nem tudo são más notícias. O meu carrinho novo deve estar quase a chegar. Parece quase fútil isto mas não é pelo carro em si. Bem, em parte até é mas é, sobretudo, pela necessidade de mudança. De quebrar tudo o que tenha memórias agarradas. De sentir o recomeçar, o construír algo novo. É que o meu carro tem muitas memórias...










8 comentários:

Mito disse...

Pois é, miudo ;-)

já algum tempo que tenho visitado o teu blog(desculpa lá o "tu",mas formalidades, só no "embarque")
Têm sido uma bom bálsamo...
Estou no teu "clube" que por força de tantas alterações sociológicas\psicológicas, torna-se um "clube" efcaz, no nº crescente de membros...
adicionei o teu blog no meu, de forma a quem me visita possa ter uma ideia como é..."é que isto para um gajo, também não é fácil(sic);-)

Um abraço

Teresinha disse...

Olá Miúdo,
Quando tem que se recomeçar, não é fácil para nenhum dos lados, eu estou do outro lado, mas o clube é o mesmo, é pena que esteja cada vez mais a aumentar, por diversos motivos, uns mais válidos que outros, mas todos nós temos que seguir em frente.
Zangas com os(as) ex. por vezes tem mesmo que ser, é muito mau quando se usa uma criança para magoar o outro. Nada justifica para que o façam.
Boa sorte com o novo carro, e que te traga também boas memorias para recordar.
Fica bem...

Anónimo disse...

Miudo:

Depois de ter comentado a semelhança entre as nossas duas histórias (comentário anónimo de hoje) é que percebi que eu também espero um carro novo!!!

Fantásticas as semelhanças...

miúdo disse...

Olá mito, agradeço-te a simpatia. Assim que puder, vou dar um saltinho ao teu canto.

Tans razão, isto é mesmo quase um clube. Creio que quem passa por isto, passa a vêr as relações e os sentimentos de outra forma. Que, por vêzes, é pouco compreendida e mal aceite por quem nos rodeia...

E sim, formalidades só no embarque ;-)

Abraço

miúdo disse...

Olá teresinha, que é feito de ti ?...

Vou-te sêr sincero, não acho maú que o clube esteja a aumentar. Se eu quiser tentar vêr as coisas de forma diferente, posso achar que as pessoas cada vêz mais querem sêr felizes e não se acomodam. Claro que nós sabemos que não é bem assim, mas...

A parte de usar os filhos é que eu acho muito maú. E, sem querer sêr sexista, vejo muitas mais situações em que é a mãe a fazê-lo de forma unilateral do que o pai. Mas parvos há em todo o lado e dos dois sexos.
Eu é que não vou "papar disso" e vou protegê-lo o máximo que puder e souber.

Em relação ao carro, obrigado. Feliz, ou infelizmente, estava quase com o negócio concluído quando me surgiu uma outra oportunidade. Que anda mesmo muito, gasta pouco, e é preto, como eu gosto. Nem olhei para trás... :-)

Beijinhos ;-)

miúdo disse...

Olá anónimo. Realmente, as coincidências são fantásticas. Claro está que "elas" podem dizêr que são coisas típicas de "gajo divorciado". Tipo "Largam-a-mulher-e-arranjam-uma-chavala-e-carro-novo"...

Hehe, enfim,... Agora tenho que ter cuidado e evitar ir no pópó novo até Manteigas nos próximos tempos...

Abraço ;-)

Catwoman disse...

Ó anonimo tens surpresa?? :)

Anónimo disse...

Claro que sim CATWOMAN!